Quaternaire Portugal

Estudos e Projectos

Pesquisar

Resultados da palavra-chave Inovação. Mostrar todos os resultados.

Estudo de Avaliação da Operacionalização do PROEMPREGO

O trabalho de avaliação procura responder às seguintes questões centrais: i) Avaliar se as candidaturas apresentadas e aprovadas correspondem ao perfil esperado; ii) Analisar o modo como se estão a operacionalizar os conceitos-chave (inovação, qualificação, empregabilidade, empreendedorismo e inclusão social); iii) Avaliar se os critérios de selecção aprovados estão a ser os mais adequados face aos objectivos e metas definidos. Com base na formulação de uma teoria geral da programação do Proemprego, o estudo de avaliação identifica duas componentes de programação diferenciadas: i) consolidar e qualificar domínios de formação que correspondam a uma acumulação de experiência de períodos de programação anteriores; ii) introduzir comportamentos de inovação nas estratégias de formação e de intervenção social, despertando a oferta para novos domínios compatíveis com os novos desafios de competitividade que se abrem à Região. Conclui-se que a resposta à primeira componente tem sido baseada no incremento da qualidade da formação e das intervenções em geral e que a segunda suscita problemas de geração de procura com maturação mais lenta. Um conjunto de conclusões sistematiza os resultados da avaliação e são formuladas recomendações específicas para suportarem uma segunda fase de implementação do PO.

+

Sete Ideias para Sete anos Decisivos

O trabalho consistiu na participação do Presidente da Quaternaire Portugal num grupo de peritos nortenhos e galegos contratados pela Associação Eixo Atlântico para sistematizar as conclusões dos Segundos Estudos Estratégicos do Eixo Atlântico, adaptando-as segundo um modelo de suporte ao período de programação 2007-2013. Particular atenção foi dedicada à evolução das políticas de coesão e aos desafios que essa evolução suscita do ponto de vista do território da Euro-região Galiza-Norte de Portugal. As sete ideias estratégicas integraram os seguintes domínios de preocupações: i) Um modelo territorial equilibrado; ii) Um sistema urbano sustentável; iii) Cidades com maior centralidade; iv) Promoção da governança e do partenariado; v) Aposta na sociedade do conhecimento e da inovação; vi Desenvolvimento sustentável e criador de emprego; vii) Um espaço cultural comum.

+

Avaliação Intercalar do Programa Operacional Regional Norte ON2 2007-2013

O estudo concretiza a avaliação intercalar do Programa Operacional Regional ON2 do período de programação 2007-2013 e fá-lo através de um conjunto de três relatórios: relatório inicial metodológico, relatório final preliminar e relatório final, acompanhado de um sumário executivo. Metodologicamente, a avaliação é realizada essencialmente com recurso às chamadas "theory-based evaluations", onde se destaca a teoria da programação que a equipa da Quaternaire tem vindo a desenvolver ao longo de sucessivos trabalhos. A avaliação analisa o modo como o PO incorporou as recomendações provenientes da avaliação ex-ante, responde a um conjunto de questões de avaliação colocadas pelo caderno de encargos, avalia o sistema de comunicação do programa e sistematiza um conjunto de conclusões e recomendações. Na medida em que a avaliação acabou por ser lançada já num estádio avançado de concretização da programação, parte das recomendações é realizada tendo em vista o próximo período de programação 2014-2020 e não a conclusão do próprio programa. Do ponto de vista metodológico, há ainda a referir dois estudos de caso relevantes, um sobre os efeitos dos apoios do PO na estruturação do sistema científico e tecnológico da Região Norte (em que os resultados do programa são muito significativos) e um outro sobre indústrias criativas ( em que os resultados do programa são bem menos significativos).

+

Estudo de suporte à Criação do CVTT TECMEAT Indústria das Carnes

O trabalho consistiu na assistência técnica à CM VNF e à associação TECMEAT no âmbito da apresentação de uma candidatura ao Programa Operacional Regional Norte 2020 e na realização dos estudos técnicos de suporte a essa candidatura, que visava o apoio à criação de um Centro de Valorização e Transferência de Tecnologia para a indústria das Carnes. O estudo identificou necessidades de inovação e de transferência de conhecimento para o setor das carnes gerados pelo atual momento de internacionalização do setor e pela alterações dos modelos de consumo (demand-pull innovation) e avaliou o potencial de investigação científica e de transferência de conhecimento reunido pelas entidades do Sistema Científico e Tecnológico Nacional associadas ao projeto, analisando o matching correspondente. Com base nesses elementos, o estudo propõe um perfil e missão para o CVTT - Carnes e definiu o investimento necessário para a sua criação.

+

Avaliação Estratégica do QREN - Inovação e Internacionalização

O estudo avalia uma das dimensões estratégicas do QREN, os instrumentos de política pública de apoio à inovação e internacionalização das empresas (IPPII). Em termos metodológicos, o trabalho está elaborado em termos de um conjunto de questões específicas e transversais de avaliação. As questões específicas envolvem a análise dos efeitos massa (nº de empresas), investimento, competências, desempenho e competitividade. As questões transversais integram a análise de impactos, da pertinência de públicos e beneficiários, a relação entre custos e impactos associados, a adequação dos recursos financeiros alocados e os níveis de eficiência, eficácia e utilidade das intervenções apoiadas. O conjunto de métodos e fontes de informação mobilizado para o trabalho envolveu análise documental, dois estudos de caso (Vales de Inovação e I&DT e a relação tecnologias horizontais (de produção) e internacionalização do setor de maquinaria e equipamento), 4 painéis de discussão (sistemas de incentivos, projetos conjuntos de apoio à internacionalização, incentivos fiscais à I&D empresarial e projetos de I&DT apoiados e infraestruturas de base tecnológica apoiadas), inquirição a promotores de projetos encerrados até 31.12.2012 e tratamento de base de dados de projetos encerrados até 31.12.2013 nos regimes de incentivos I&DT, Inovação e PME Qualificação /Internacionalização.

+

Conceção do evento internacional do Quadrilátero «CONTAMINAÇÕES IN THE EDGE»

O Evento Internacional do Quadrilátero concebido e cuja designação proposta é a de «CONTAMINAÇÕES IN THE EDGE», pretende estimular, divulgar e promover projetos e iniciativas que, de forma original e inovadora, explorem o diálogo e os múltiplos cruzamentos e contaminações criativas possíveis em três áreas centrais: arte, ciência e tecnologia. A identificação destes três domínios resulta da identificação de potencialidades relevantes no território do Quadrilátero que, por um lado, beneficia de um tecido económico e científico local que hoje já se encontra bastante internacionalizado, fruto da grande capacidade existente de empreender e inovar e que, por outro lado, possui um tecido artístico, cultural e criativo que, apesar do seu dinamismo e qualidade, se encontra ainda escassamente internacionalizado e afirmado simbolicamente, num contexto marcado por uma crescente competitividade urbana, territorial, económica e lúdica. Um dos objetivos centrais do evento é naturalmente contribuir para reforçar a visibilidade destes diferentes atores e instituições, promovendo a sua internacionalização, nomeadamente através da inserção deste território no circuito internacional de eventos ligados aos cruzamentos entre arte, ciência e tecnologia e, por outro, fomentando a circulação internacional de obras e agentes artísticos, científicos e tecnológicos do e no Quadrilátero.

O trabalho de reflexão sobre o perfil de Evento Internacional a conceber de acordo com os princípios gerais formulados no quadro da estratégia para a Rede Urbana incluiu a definição dos seus principais objetivos e das linhas de orientação estratégica em matéria de programação do evento, a identificação dos principais parceiros a envolver e a definição dos segmentos de público-alvo a atingir e uma estimativa do orçamento global necessário para a realização do Evento, tendo em conta as exigências do programa e dos recursos a afetar à realização do projeto.

+

Passaporte para o empreendedorismo

O Passaporte para o Empreendedorismo é uma iniciativa criada no âmbito do Programa Estratégico +E+I e de acordo com o Programa “Impulso Jovem”, que pretende estimular jovens empreendedores qualificados a desenvolverem o seu projeto de empreendedorismo inovador e/ou com potencial de elevado crescimento, que se encontre em fase de ideia, facultando um conjunto de medidas de apoio especificas, articuladas entre si. Uma dessas medidas passa pela assistência técnica, prestada por entidades competentes e com know-how especifico, na validação do modelo de negócios associado ao projeto em desenvolvimento, incluindo a orientação quanto ao aprofundamento da ideia de negócio e apoio à elaboração do plano de negócios.

O trabalho incluiu uma metodologia que mobilizou uma técnica inovadora já testada no apoio a empreendedores: a ferramenta Business Model Canvas para validar, testar e incutir inovação nas ideias e no modelo de negócios. Depois do Modelo de Negócios estar validado e testado com os candidatos, o trabalho incluiu o apoio na transposição do Modelo para o Plano de negócios, cnsistindo este para os empreendedores como um guião de entrada no mundo empresarial.

+

Assistência técnica ao Gabinete Oliveira das Neves - Estratégia Alentejo 2030

O Gabinete Oliveira das Neves foi encarregado pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo de assistir tecnicamente esta entidade nos trabalhos preliminares de preparação do novo período de programação PT2030. O resultado dessa preparação materializou-se no documento "Visão, Desafios estratégicos e Oportunidades de desenvolvimento para o Alentejo no horizonte 2030" para o qual a QP contribuiu de forma relevante.

+

Estudo de Avaliação do Processo de Disseminação na EQUAL

O estudo integra essencialmente: i) um Roteiro Metodológico que identifica o contexto em que decorreu a avaliação e apresenta o referencial metodológico para a sua realização; ii) o enquadramento da EQUAL - Acção 3 de disseminação; iii) um quadro de conclusões; iv) um conjunto de recomendações que incidem em três níveis de intervenção: i) continuidade dos processos de disseminação/mainstreaming dos produtos/soluções; ii) estímulo de novos processos e dinâmicas de experimentação e inovação social; iii) e recomendações de natureza transversal, destacando-se em cada recomendação o conjunto de destinatários ou de tomadores das mesmas.

+

Projecto de Assistência Técnica ao Centro Regional do Porto da Universidade Católica Portuguesa

O trabalho avalia o posicionamento estratégico do Centro Regional do Porto da Universidade Católica Portuguesa no contexto das instituições de ensino superior público e privado em Portugal, fazendo-o do ponto de vista estrito dos elementos de avaliação externa. O estudo destina-se a ser articulado com o exercício de avaliação interna que o CRP-UC desenvolve simultaneamente. Do ponto de vista metodológico, o estudo centra-se no desenvolvimento da relação "funções - domínios de conhecimento - "drivers" de evolução", tendo em vista a definição de um posicionamento competitivo. Os drivers de evolução analisados são os seguintes: i) Organização e formas de trabalho; ii) Evolução e tendências demográficas e territoriais; iii) Evolução das TIC; iv) Novos empregos, novas necessidades sociais e novas procuras; v) Aprendizagem ao longo da vida; vi) Evolução do sistema científico e do sistema de inovação nacional; vii) Universidade - território; viii) Criatividade, inovação e formação; ix) A macroeconomia nacional e regional; x) Tendências de organização universitária; xii) Inovação social e sustentabilidade. É ainda realizada uma avaliação do posicionamento da concorrência.

+

Avaliação Ex-ante dos Instrumentos Financeiros - Lote 2

O lote 2 da avaliação ex-ante (AEA) dos instrumentos financeiros (IF) do Portugal 2020 abrangia os domínios da inovação social, do microempreendedorismo e da criação do próprio emprego e dos empréstimos a estudantes do ensino superior. A complexidade e diversidade do tema resulta sobretudo do caráter pioneiro da aplicação de instrumentos financeiros às áreas de intervenção social e do facto de se tratar de instrumentos de programação extensivos a um conjunto muito elevado de Programas Operacionais Regionais (POR), regionais e temáticos, representando em termos práticos três avaliações numa só. Do ponto de vista metodológico, o trabalho de AEA desenvolveu processos inovadores para a estimação de falhas de mercado, gaps de investimento e de financiamento, efeitos de alavancagem e identificação do valor acrescentado dos IF programados, num contexto proativo com a programação dos PO envolvidos, na medida em que as estratégias de investimento em matéria de IF estava dependente dos resultados da AEA. Embora em todos os domínios de avaliação a aplicação de IF surja demonstrada e evidenciada a existência de falhas de mercado, a AEA conclui que o domínio da inovação social é aquele que demonstra um mais elevado grau de adaptação à aplicação futura de IF. O trabalho de AEA responde a um conjunto de 18 questões de avaliação e conclui com um grupo de conclusões sempre articuladas com recomendações de programação por elas fundamentadas.

+

Avaliação ex-ante da Integração do FIS no COMPETE 2020

A QP foi oportunamente encarregada de realizar a avaliação ex-ante da aplicação de instrumentos financeiros à área da inovação social, designadamente da constituição de um Fundo de Inovação Social, para apoiar o investimento em inovação e reorganização de Organizações da Economia Social já existentes e o investimento em start-up's de empreendedorismo social. Face às dificuldades de implementação do FIS, as autoridades portugueses propuseram em sede de reprogramação do COMPETE a integração do FIS naquele programa, tendo em conta a maior experiência daquele PO na gestão de instrumentos financeiros. O estudo de avaliação ex-ante agora realizado pela QP avalia as vantagens e inconvenientes desta integração, concluindo pelas suas vantagens, adotadas que sejam algumas recomendações propostas pela equipa de avaliação da QP.

+

Certificação da Olaria Negra de Vilar de Nantes

No conjunto das actividades artesanais, existem algumas que poderemos designar por artes patrimoniais. Elas fazem parte da história social e cultural de uma determinada comunidade e território, pelas características de singularidade das técnicas e dos produtos, pela excepcional qualidade de execução, porque é o valor simbólico de representação cultural e a sua qualidade estética que determinam a procura destas produções. Nelas se inclui a olaria negra de Vilar de Nantes. Essas actividades, que não nasceram num sistema aberto de relações de mercado globalizado, e que nunca tiveram que provar nada senão a sua adequação à função a que se destinavam, vêem-se hoje confrontadas com a necessidade de afirmarem a sua ancestralidade para atraírem a atenção do mercado e para lhe darem garantia de autenticidade e de qualidade, sem que para tal seja necessário sacrificar a desejável capacidade de recriação de formas e funções. A protecção legal das produções referenciadas a um determinado contexto territorial e sócio-cultural de criação e fabrico, a defesa da qualidade da matéria-prima, dos processos produtivos, da genuinidade das formas tradicionais, são condições indispensáveis para a garantia de qualidade da olaria tradicional de Vilar de Nantes. Foi esse o objectivo deste estudo desenvolvido pela Quaternaire Portugal, com um conjunto de especialistas, inventariando - e registando em fotografia e desenho - exaustivamente, as formas tradicionais dos artefactos, fazendo a análise científica e laboratorial das pastas e processos de cozedura e secagem, levantando e registando as técnicas de produção e identificando alternativas tecnológicas adequadas a novos contextos de rarefacção dos artesãos produtores e das exigências sanitárias de utilização da loiça. O resultado final do trabalho foi o Caderno de Especificações que permite a sua certificação e desejável protecção.

+

Estudo de Viabilidade do Centro Tecnológico do Azeite - 1º fase

A primeira fase do estudo analisa, comparativamente, as modalidades técnicas e organizacionais mais adequadas para responder aos objectivos da Câmara Municipal de Mirandela de criar na região uma estrutura técnica e tecnológica vocacionada para apoiar a qualificação e modernização do sector de produção de azeite, tendo em conta a sua concentração no território.

+